20/01/2021 18:00

Dor Torácica no Pronto Atendimento

Neste vídeo falaremos da  dor torácica, a segunda queixa mais comum no departamento de emergência, responsável por entre 5 a 10% dos atendimentos. 

Os emergencistas devem estar atentos para situações em que a dor torácica pode estar relacionada a  risco de morte evitando-se alta hospitalar indevida. Por outro lado, a liberação mais célere dos casos sem risco de morte promove a redução dos custos operacionais.

Abordaremos os principais diagnósticos diferenciais de dor torácica na sala de emergência: as síndromes coronarianas agudas, o tromboembolismo pulmonar, a dissecção aórtica, o pneumotórax, a pericardite aguda.

  • Qual a avaliação inicial? Quais exames complementares podem ser solicitados?
 
Material Complementar:
O material complementar traz em PDF as principais informações sobre o assunto.

Curadoria da informação:
Dra. Cristina Terzi Coelho. CRM 74646-SP
Mestre e Doutora em Terapia Intensiva pela Faculdade de Ciências médicas da UNICAMP. Fellowship em Cuidados Paliativos pela Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, EUA. Título de Especialista em Terapia Intensiva pela Associação Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Médica Assistente da UTI do Hospital de Clínicas da UNICAMP. Vice coordenadora do Serviço de Cuidados Paliativos do Hospital das Clínicas da UNICAMP.


Atualizado em 20/01/2021

Conteúdo completo desse tema está disponível apenas para usuários cadastrados*:
* Acesso imediato!
dor torácica,síndrome coronariana aguda,infarto,dissecção aorta,tromboembolismo pulmonar,TEP,cardiologia,pericardite,pneumotórax,IAM,troponina,pneumotorax,dor toracica,disseccao aorta

Recursos do médico

Orientações ao paciente

  • Conteúdo restrito
Compartilhe: